API de consulta (GET) ao Alerta Licitação

O Alerta Licitação tem uma API permite a leitura em formato JSON das licitações disponíveis no site, através de parâmetros configuráveis.

Se você é desenvolvedor e deseja ter acessa a um token de leitura (vinculado a um bloco CIDR IPv4 ou IPv6), siga as instruções desta página atentamente.

Documentação da API

Token para acesso à API

Para criar um token de acesso à API do Alerta Licitação você precisa estar conectado ao nosso Aplicativo (através do Google/Gmail ou do Facebook)

Clique aqui para fazer o login e depois retorne à esta página (clicando em Desenvolvedores no rodapé)

Termos de uso e preços da API do Alerta Licitação

As informações do Alerta Licitação podem ser acessadas através de endpoints de um webservice que funciona no domínio alertalicitacao.com.br, através do protocolo HTTP protegido por SSL (https), para qualquer pessoa ou empresa que possua um token registrado ao Alerta Licitação.

O token é impessoal e intransferível, e sua utilização pode ser restrita a um endereço IP ou a uma faixa de endereços IPv4 ou IPv6 de acordo com o interesse do detentor do token, ou pela discricionariedade do Alerta Licitação.

Em nenhuma hipótese o detentor do token, seja pessoa física ou jurídica, poderá utilizá-lo para fazer uma varredura completa de todas as licitações abertas do banco de dados, caracterizando desta forma abuso na utilização e perda do propósito da API. Caso o Alerta Licitação identifique qualquer forma de abuso, poderá revogar o token ou o acesso do detentor.

O webservice destina-se a consultas específicas, que geram dados que podem ser tratados pelo detentor do token da forma que bem entender, até mesmo agregando valor aos dados e repassando-os ou vendendo a terceiros.

Um exemplo de uso autorizado da API é a integração de uma planilha (em Excel, por exemplo) para uma empresa de engenharia civil, de licitações em sua área de atuaçao.

Outro exemplo é a consulta das licitações abertas em um Estado, para serem mostradas em um blog.

Em todo caso, a aplicação deve manter o link que remete ao site do Alerta Licitação, não podendo este ser suprimido dos dados tratados.

Uma utilização não autorizada, por exemplo, é varrer página por página do webservice, capturando todas as licitações, sem parâmetro nenhum.

O acesso poderá ser cancelado a qualquer momento sem aviso prévio, desde que desrespeitada qualquer cláusula destes termos de uso.

A API não funcionará diariamente entre as 03h00min00s e 03h04min59s UTC, para as tarefas automatizadas e manutenção.

Valores (preço) da API

A API será gratuita até 31/01/2020, e sua utilização passará a ser cobrada a partir de 1º de fevereiro de 2020.

A contagem de consultas e licitações retornadas é reiniciada diariamente, às 03h00 UTC.

Para cada dia, as primeiras 100 licitações retornadas são gratuitas. A partir daí, cada licitação retornada custa R$0,01 (um centavo).

Além disso, cada requisição custa R$0,01; independente de retornar resultados ou não.

Exemplo:

Você fez três requisições: licitações de todo o país com a palavra-chave "engenharia", páginas 1 a 3, retornando um total de 150 licitações.

As 100 primeiras licitações foram gratuitas e as 50 restantes custaram R$0,01 cada. Foram três requisições custando R$0,01 cada. No total, o custo será de R$0,53 (cinquenta e três centavos).

Consultas repetidas para o mesmo dia não são cobradas de novo. (por exemplo, você pode consultar licitacoesAbertas/?uf=PR&pagina=1 várias vezes no mesmo dia, que só a primeira requisição será cobrada)